Grupo Vivência Clínicas de Recuperação de Dependentes Químicos e Alcoólicos

Resgatando Vidas

NOSSO BLOG

Conheça 5 Drogas Sintéticas Perigosas | Descubra seu potencial destrutivo e como se livrar do vício

Clínicas-de-recuperação-para-dependentes-químicos-em-campinas-e-região-grupo-vivência-5_drogas_sintéticas_perigosas_para_a_saúde

O que você vai ler neste artigo:

As drogas sintéticas são substâncias químicas fabricadas em laboratórios. Elas podem ser produzidas a partir de uma variedade de ingredientes, incluindo plantas, produtos químicos industriais e até medicamentos prescritos. As drogas sintéticas são frequentemente vendidas como drogas recreativas, mas podem ser muito perigosas.

Este artigo irá discutir as cinco drogas sintéticas mais perigosas. Essas drogas podem causar danos físicos e psicológicos graves, e podem levar à dependência e à morte.

O que são drogas sintéticas?

Drogas sintéticas são substâncias químicas produzidas em laboratórios com o objetivo de reproduzir os efeitos de drogas naturais ou até mesmo potencializá-los. Boa parte delas são psicoativas, ou seja, afetam a capacidade cognitiva do sistema nervoso. As drogas sintéticas podem ser classificadas de acordo com seus efeitos.

Algumas das principais classes de drogas sintéticas incluem:

  • Estimulantes: as drogas estimulantes aumentam a atividade do sistema nervoso central. Elas podem causar euforia, aumento da energia e diminuição da fadiga. Exemplos de drogas estimulantes sintéticas incluem metanfetamina, MDMA e anfetamina.
  • Opioides: os opioides são substâncias que aliviam a dor. Eles podem causar euforia, relaxamento muscular e diminuição da ansiedade. Exemplos de opioides sintéticos incluem fentanila, oxicodona e hidrocodona.
  • Alucinógenos: os alucinógenos alteram a percepção da realidade. Eles podem causar alucinações, despersonalização e distorções sensoriais. Exemplos de alucinógenos sintéticos incluem LSD, PCP e ketamina.

As drogas sintéticas podem ser muito perigosas, pois podem causar uma variedade de efeitos adversos, incluindo:

  • Dependência: as drogas sintéticas podem causar dependência física e psicológica.
  • Sobredose: as drogas sintéticas podem causar overdose, que pode levar à morte.
  • Problemas de saúde mental: as drogas sintéticas podem causar problemas de saúde mental, como psicose, paranoia e depressão.
  • Danos físicos: as drogas sintéticas podem causar danos físicos, como danos ao coração, cérebro e outros órgãos.

É importante estar ciente dos riscos associados ao uso de drogas sintéticas. Se você ou alguém que você conhece está lutando contra o vício, procure ajuda profissional.

Quais as 5 drogas sintéticas mais perigosas?

Veja abaixo 5 das drogas sintéticas mais danosas ao ser humano

1. Metanfetamina

A metanfetamina é uma droga estimulante que pode causar dependência rapidamente. Ela pode levar a problemas de saúde mental, como psicose e paranoia, e também pode causar danos ao coração, cérebro e outros órgãos.

É comumente conhecida como cristal quando produzida clandestinamente. Ela é uma substância ilícita e faz parte da mesma categoria da cocaína e da heroína, por exemplo.

A metanfetamina pode ser usada por via oral, inalada, fumada ou injetada. Os efeitos começam a ser sentidos cerca de 15 a 30 minutos após a ingestão e podem durar de 4 a 12 horas.

Os efeitos da metanfetamina podem incluir:

  • Euforia
  • Aumento da energia
  • Perda de apetite
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Ansiedade
  • Agressão
  • Psicose
  • Paranoia
  • Danos ao coração
  • Danos ao cérebro
  • Danos aos dentes

2. Cloridrato de fentanila

O cloridrato de fentanila é um opioide sintético que é muito mais potente que a morfina. Ele é frequentemente usado como analgésico, mas também é usado como droga recreativa. O cloridrato de fentanila pode causar overdose e morte, mesmo em doses pequenas.

Os efeitos do cloridrato de fentanila podem incluir:

  • Euforia
  • Analgesia
  • Redução da ansiedade
  • Relaxamento muscular
  • Respiração lenta
  • Pressão arterial baixa
  • Batimentos cardíacos lentos
  • Coma
  • Morte

Se você acha que está tendo uma overdose de fentanila, procure ajuda médica imediatamente.

3. MDMA

MDMA, ou metilenodioximetanfetamina, é uma droga sintética que tem como efeito principal aumentar a liberação e diminuir a recaptação dos neurotransmissores serotonina, dopamina e noradrenalina no cérebro. Esses neurotransmissores estão envolvidos em uma variedade de funções, incluindo humor, cognição, percepção e regulação do movimento.

Os efeitos recreativos desejados do MDMA são aumento da empatia, estado de euforia e sensação de prazer. A droga também pode causar aumento da sensibilidade a estímulos sensoriais, como música, luz e toque.

O MDMA é geralmente tomado por via oral, na forma de cápsulas, comprimidos ou cristais. Os efeitos começam a ser sentidos cerca de 30 a 45 minutos após a ingestão e podem durar de 4 a 8 horas.

Quais os riscos do MDMA?

O MDMA é uma droga ilegal no Brasil e em muitos outros países. O uso da droga pode causar uma série de riscos, incluindo:

  • Excesso de temperatura corporal, que pode levar a convulsões e morte;
  • Desidratação;
  • Desidratação;
  • Insuficiência renal;
  • Problemas cardíacos;
  • Alucinações;
  • Paranóia;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Transtorno de estresse pós-traumático.

O uso prolongado do MDMA pode causar danos permanentes ao cérebro, incluindo alterações nos sistemas de neurotransmissores, perda de memória e dificuldade de aprendizado.

4. Ketamina

A ketamina, também conhecida como cetamina, é um fármaco anestésico geral que tem sido usado em medicina desde a década de 1960. É uma substância química sintética que atua no sistema nervoso central, causando um estado de anestesia e analgesia.

A ketamina é administrada por via intravenosa, intramuscular ou intranasal. Os efeitos começam a ser sentidos cerca de 5 a 10 minutos após a administração e duram de 15 a 30 minutos.

Qual o uso da Ketamina

A ketamina é usada em cirurgias, procedimentos médicos e odontológicos. Também é usada para tratar a dor aguda e crônica, incluindo a dor relacionada ao câncer.

Além do uso médico, a ketamina também é usada de forma recreativa. Quando usada de forma recreativa, a ketamina é geralmente inalada ou fumada. Os efeitos recreativos da ketamina incluem:

  • Sensação de euforia;
  • Alterações na percepção sensorial;
  • Alterações na consciência;
  • Dissociação.

Efeitos colaterais da ketamina

A ketamina pode causar uma série de efeitos colaterais, incluindo:

  • Náusea e vômito;
  • Tontura;
  • Vertigem;
  • Fadiga;
  • Sudorese;
  • Boca seca;
  • Prurido;
  • Alucinações;
  • Paranóia;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Transtorno de estresse pós-traumático.

O uso prolongado da ketamina pode causar danos permanentes ao cérebro, incluindo alterações nos sistemas de neurotransmissores, perda de memória e dificuldade de aprendizado.

A ketamina é uma droga ilegal no Brasil e em muitos outros países. O uso da droga pode ser punido com prisão.

Em Campinas, o uso de drogas é considerado crime e pode ser punido com prisão.

5. PCP

PCP, ou fenciclidina, é uma droga sintética psicodélica e alucinógena que foi desenvolvida pela primeira vez em 1957. É uma substância ilegal em muitos países, incluindo o Brasil.

O PCP tem efeitos psicoativos poderosos que podem durar várias horas. Os efeitos incluem:

  • Euforia;
  • Alterações na percepção sensorial;
  • Alterações na consciência;
  • Dissociação;
  • Alucinações;
  • Paranóia;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Transtorno de estresse pós-traumático.

O PCP também pode causar uma série de efeitos físicos, incluindo:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Aumento da temperatura corporal;
  • Diminuição do apetite;
  • Insônia;
  • Desidratação;
  • Perda de peso;
  • Danos ao coração, rins e fígado

Riscos do uso de PCP

O uso prolongado do PCP pode causar danos permanentes ao cérebro, incluindo alterações nos sistemas de neurotransmissores, perda de memória e dificuldade de aprendizado.

O PCP é geralmente ingerido por via oral, inalada ou fumada. Também pode ser injetado, mas esta é a via mais perigosa, pois o risco de overdose é maior.

A overdose de PCP pode ser uma condição médica grave que pode levar à morte. Os sintomas de overdose de PCP incluem:

  • Respiração lenta ou superficial;
  • Perda de consciência;
  • Pele pálida ou azulada;
  • Convulsões;
  • Morte.

Se você acha que está tendo uma overdose de PCP, procure ajuda médica imediatamente.

O PCP é uma droga perigosa que pode causar uma série de problemas de saúde. Se você está pensando em usar PCP, é importante pesar os riscos e benefícios antes de tomar uma decisão.

Leia também sobre a K9, a droga zumbi e descubra como o ser humano está se degradando, cada vez mais rápido.

Conclusão

Todas as drogas são danosas ao nosso organismo, portanto, é importante evitá-las a qualquer custo. Independente de dose, quantidade ou frequência. 

As drogas sintéticas são substâncias perigosas que podem causar danos físicos e psicológicos graves. É importante estar ciente dos riscos associados ao uso dessas drogas e procurar ajuda se você ou alguém que você conhece está lutando contra o vício.

Se você, um ente querido ou alguém que você conhece está enfrentando os desafios da K9, saiba que não está sozinho. O Grupo Vivência – Remoção e Internação para Dependentes Químicos está aqui para oferecer suporte, compreensão e um caminho para a recuperação. Não permita que a K9 controle sua vida; dê o primeiro passo em direção à liberdade e à saúde.

Clique aqui e entenda a importância das Clínicas de Recuperação e como elas podem ajudar você ou seu ente querido.

Entre em Contato com o Grupo Vivência para:

  • Avaliação Personalizada
  • Orientação sobre Tratamentos
  • Suporte durante o Processo de Recuperação

Ao buscar conhecimento e apoio, estamos pavimentando o caminho para uma sociedade mais informada e capacitada a enfrentar os desafios das dependências químicas.

Desta forma, reafirmamos a mensagem de que, com apoio adequado, a recuperação é possível. A esperança nunca deve ser perdida, e a ação é o primeiro passo para a transformação. Juntos, podemos superar os desafios da “K9, a Droga Zumbi,” construindo um futuro mais saudável e livre do jugo das dependências.

Acesse nosso site para saber mais sobre nossos serviços:

https://grupovivencia.com.br/

Fale com um de nossos consultores para agendar uma avaliação gratuita:

ATENDIMENTO 24h – (19) 97407-6622

Você não está sozinho. Podemos ajudar.

Livros sobre Dependência Química

Vício e virtude: A adicção sob uma perspectiva teológica, por Kent Dunnington. O que de fato é a adicção? A maior parte dos estudos científicos sobre o tema entende esse fenômeno como doença ou como escolha deliberada, mas falham em compreender a experiência dos que sofrem e daqueles que buscam ajudá-los.

O poder do hábito,  por Charles Duhigg. Charles Duhigg, repórter investigativo do New York Times, mostra que a chave para o sucesso é entender como os hábitos funcionam – e como podemos transformá-los.

Drogadição, a Recuperação em A.A. e N.A. e a Espiritualidade, por Daniela Benzecry. O processo de desenvolvimento da adicção e o processo espiritual de recuperação norteado pelo programa de recuperação de A.A. e N.A.

Links úteis

Aqui estão algumas indicações de sites e organizações que oferecem informações e recursos sobre o tema:

Se informe mais:

Capa do livro almanaque das drogas
Clique na imagem para ver

Comente o que achou
Veja mais
Posts relacionados